segunda-feira, 16 de abril de 2018

FACENS Sorocaba realiza a 25ª Semana da Engenharia, Arquitetura e Tecnologia de 17 a 20 de Abril

Serão mais de 150 palestras, além de minicursos e workshops para alunos e para a comunidade na 25ª Semana da Engenharia, Arquitetura e Tecnologia da Facens

Quatro dias para pensar, aprender e discutir sobre engenharia, arquitetura e tecnologia.  Essa é a proposta da 25ª Semana da Engenharia, Arquitetura e Tecnologia da Facens, que acontece de 17 a 20 de abril, das 8h às 22h30, em Sorocaba, no campus de uma das mais reconhecidas faculdades de Engenharia do país. Serão mais de 150 palestras, minicursos e workshops, endereçados tanto a alunos da Facens como à comunidade interessada pela tecnologia e pela inovação como instrumentos do futuro da engenharia e arquitetura.
 “A Semana da Engenharia da Facens é muito esperada pelos alunos, que têm a oportunidade de complementar o aprendizado da sala de aula participando de palestras com nomes importantes do mercado, e de minicursos e oficinas que oferecem uma rica experiência prática”, diz Karina Leonetti, coordenadora do evento. Além da importância para a formação acadêmica dos alunos da Facens, Karina lembra que o evento atende também a estudantes de outras instituições e a profissionais da região, que encontram na Semana da Engenharia conteúdo de qualidade, a maioria gratuito. “Temos atividades para quem está pensando em entrar na área, para capacitação, aprimoramento ou reciclagem”, reforça Karina.
Uma das palestras que abre o evento – “A Construção do Conhecimento Através da Tecnologia e Didática” – é um bom exemplo da   profundidade e diversidade de temas que serão abordados, e do papel inspirador da Semana da Engenharia.
Profª Joana D’Arc Felix de Souza

A apresentação magna será feita pela Profa. Dra. Joana D’Arc Félix de Sousa, uma das mulheres mais reconhecidas no mundo da química e da sustentabilidade, com 72 prêmios nessas áreas e uma história de vida pessoal e acadêmica reverenciada. Filha de uma empregada doméstica e de um funcionário de um curtume em Franca, interior de São Paulo, ela entrou na Faculdade de Química da Unicamp, em Campinas, aos 14 anos. Aos 25 já era PhD em Química pela Universidade de Harvard e hoje, aos 53, além dos prêmios, carrega o mérito de ter ajudado alunos da ETEC Prof. Carmelino Corrêa Júnior de Franca/SP, onde é coordenadora do Curso Técnico em Curtimento e Professora dos Cursos Técnicos em Curtimento e Meio Ambiente, a registrarem 15 patentes nacionais e internacionais.
“A palestra de Joana será  sobre as tecnologias desenvolvidas como estratégias de ensino-aprendizagem  e sobre o  projeto CurtEENDEDORISMO”, que envolveu os alunos da ETEC no desenvolvimento de  vinte produtos a partir de resíduos sólidos do setor coureiro-calçadista, tais como pele humana artificial, cimento ósseo, colágeno, fertilizantes, biodiesel, cimento ecoeficiente, etc., reduzindo a evasão escolar, aumentando a autoestima dos alunos, motivando os mesmos a concluírem os cursos técnicos e se tornarem empreendedores ou seguirem carreira dentro de uma indústria e/ou ingressarem em uma universidade.
Entre os minicursos também há várias opções na área de computação, games, engenharia civil, mecatrônica, química e agronômica. Alguns são pagos, como é o caso do minicurso Bioconstrução (R$50,00), que aborda os princípios, benefícios e dificuldades da bioconstrução e experiências práticas de construção com Taipa de Mão (pau-a-pique) e Hiperadobe, e revestimento com reboco de calfitice, mas a maioria é gratuita, como é o caso do minicurso “Animação e personagens para jogos 2D” e “Cromatografia Gasosa”, entre outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Legislação: Edifícios de uso público e comercial deverão ter plano de manutenção de sistemas de ar-condicionado

A Lei Federal nº 13.589, publicada no dia 4 de janeiro pelo presidente Michel Temer, torna obrigatória a execução de um plano de manutençã...